Sua Página
07/12/2023 às 17h47min - Atualizada em 07/12/2023 às 17h47min

Especialista aponta as principais tendências de importação para 2024

Rodrigo Giraldelli apresenta perspectivas que impactarão o cenário de entrada de produtos do exterior no próximo ano

Cassio - Broto Comunicação
Rodrigo Giraldelli

Em resposta às oscilações na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), em vigor desde abril, empreendedores brasileiros ajustam suas estratégias em meio a projeções econômicas recalibradas para 2024. A expectativa de crescimento do PIB foi levemente reduzida para 2,26%, enquanto a previsão de inflação (IPCA) caiu para 3,3%. Mudanças também foram registradas na projeção da Taxa Selic, agora em média de 9,8% ao ano, e na previsão do dólar, baixando para R$ 5,02. Esses ajustes no panorama econômico indicam um cenário dinâmico que os empreendedores devem considerar ao explorar oportunidades de importação.

Com isso, empreendedores brasileiros estão intensificando suas buscas por oportunidades de importação, impulsionados pela demanda crescente por produtos que se destacam pela inovação e exclusividade. Neste contexto, o especialista em importação da China, e comércio exterior, Rodrigo Giraldelli, oferece, assim, insights estratégicos essenciais para aqueles empreendedores que almejam aproveitar as tendências para 2024. Veja abaixo:

Inovações Tecnológicas

Drones de última geração, óculos de realidade aumentada e wearables inovadores emergem como protagonistas nesse cenário. Giraldelli destaca que a incessante busca por tecnologia de ponta não só cria uma demanda constante, mas também oferece oportunidades significativas para investidores que almejam produtos de alta qualidade e desempenho. A capacidade de antecipar e incorporar essas inovações tecnológicas no mercado de importação pode posicionar empreendedores na vanguarda do setor.

Moda Sustentável e Personalizada em Ascensão

A moda sustentável continuará ganhando destaque. O foco se volta para investimentos em roupas de marcas éticas, acessórios personalizados e calçados eco-friendly. Esta tendência não apenas reflete a evolução das preferências do consumidor, mas também denota um movimento em direção à crescente consciência ambiental. Investir nesse setor não é apenas uma escolha de moda; é uma estratégia alinhada às mudanças de valores na sociedade, proporcionando oportunidades lucrativas para aqueles que priorizam a sustentabilidade na moda.

Bem-Estar e Saúde

A saúde e o bem-estar tornaram-se prioridades inegáveis e, segundo o especialista, há oportunidades significativas na importação de produtos inovadores nesse setor. Desde equipamentos de exercício para uso doméstico até itens de aromaterapia e acessórios ergonômicos, a oferta deve atender à crescente demanda de consumidores que buscam soluções acessíveis para melhorar sua qualidade de vida. Com a tendência crescente de autocuidado, investir em produtos que promovem saúde e bem-estar pode se revelar não apenas uma escolha ética, mas também uma estratégia comercial sólida.

Sustentabilidade Acessível no Cotidiano

Ao orientar empreendedores, Giraldelli destaca a viabilidade de investir em produtos sustentáveis para o cotidiano. Utensílios de cozinha sustentáveis, produtos de higiene pessoal eco-friendly e itens do dia a dia alinhados à sustentabilidade são elementos-chave. Essa abordagem acessível não apenas ressoa com consumidores conscientes, mas também permite que eles integrem práticas sustentáveis em suas vidas diárias sem comprometer seus orçamentos. Investir em soluções práticas e acessíveis pode não apenas satisfazer a crescente demanda por produtos sustentáveis, mas também posicionar os empreendedores como impulsionadores de mudanças sustentáveis.

Sobre Rodrigo Giraldelli, da China Gate: @rodrigogiraldelli

Formado em Administração de Empresas e Economia, o paranaense Rodrigo Giraldelli é um dos pioneiros na importação de produtos da China para o Brasil. CEO da China Gate, empresa especializada em consultoria e educação sobre importação, Rodrigo auxilia comerciantes que desejam ampliar sua margem de lucro com produtos do país asiático. Além da consultoria, Rodrigo também ministra cursos on-line para ensinar empreendedores sobre o ofício. Com profundo conhecimento em marketing digital, Giraldelli publica, semanalmente, conteúdos nas redes sociais (@chinagatebrasil) e em seu canal do Youtube sobre importação.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://thesouth.com.br/.