Sua Página
20/12/2023 às 19h14min - Atualizada em 20/12/2023 às 19h14min

Reforma Tributária: especialista comenta sobre desdobramentos e benefícios da aprovação

A promulgação foi realizada pelo Congresso nesta quarta-feira (20)

Júlia Gonzales - Comunicação Conectada
Karen Miura, Chief Visionary Officer (CVO) da Bravo Divulgação

Na tarde desta quarta-feira (20), o Congresso Nacional promulgou a Reforma Tributária. O registro histórico mostra o avanço que o país teve após décadas de discussões sobre o tema. A Emenda Constitucional estabelece a reforma dos impostos sobre o consumo e deve impactar a vida dos cidadãos e empresas brasileiras.

“Esse é um momento único e histórico que trará a verdadeira cidadania fiscal para os brasileiros. A Reforma Tributária será a possibilidade de o cidadão brasileiro entender o que é o tributo embutido em tudo àquilo que ele consome, seja mercadoria ou serviço. Isso vai possibilitar que ele entenda qual a parcela do preço de tudo que ele paga que deveria estar sendo retornada ao povo”, afirma Karen Miura, nova Chief Visionary Officer (CVO) da Bravo – empresa especialista em soluções inteligentes da transformação digital das áreas fiscais e contábil.

Além disso, após a aprovação do material pela Câmara dos Deputados, na última sexta-feira (15), a nota de crédito de longo prazo do Brasil foi de “BB-” para “BB”. A agência de classificação de risco S&P Global Ratings elevou rating do país e afirmou em nota que a mudança se deu justamente pela aprovação da reforma no Congresso Nacional, alegando que ela representa uma revisão significativa do sistema fiscal e provável ganhos de produtividade a longo prazo.

Ainda segundo a S&P, além da reforma, outras medidas estruturais – que vem sendo construídas no país desde 2016 – também foram contabilizadas para elevação da nota de crédito do Brasil. No entanto, ainda há o alerta feito pela Agência sobre a condição de que poderá diminuir a nota, nos próximos dois anos, caso o país não faça a implementação correta de medidas e cause uma deterioração fiscal e também aumento de dívidas. Mas, a expectativa é que o Brasil possa "sustentar a formulação de políticas estáveis e pragmáticas, com base em amplos freios e contrapesos nos poderes executivo, legislativo e judiciário do governo" com a sua estrutura institucional.

Sobre a aprovação histórica, a executiva lembra que em posse deste novo conhecimento, os brasileiros irão adquirir a consciência para cobrar dos governantes para que toda a carga tributária retorne em serviços públicos de qualidade. “A Reforma Tributária é o passo que faltava para o Brasil”, acrescenta.

“As decisões poderão ser tomadas visando a melhor eficiência, o que para o ambiente de negócios do Brasil é muito importante. Nós não teremos mais, por exemplo, a localização da instalação de um centro de distribuição sendo definida de acordo com a tributação e não necessariamente onde estão os clientes e para onde serão destinadas as mercadorias”, diz.

Com o fim da guerra fiscal entre estados e municípios – já que a arrecadação tributária será de acordo com o destino dos produtos e serviços e não mais a origem –, os gerentes tomarão decisões mais pautadas pela questão técnica. “Tudo isso tornará o Brasil mais competitivo economicamente”, analisa Miura.

 

Sobre a Bravo

A Bravo é uma empresa especialista em soluções inteligentes para acelerar a transformação digital da área fiscal e contábil.Com o desenvolvimento de tecnologia própria, é pioneira no uso de Robotic Process Automation (RPA) e inteligência artificial para a simplificação das rotinas fiscais. Oferece serviço de Business Process Outsourcing (BPO 4.0) automatizado que usa a tecnologia para evitar erros e verificar inconsistências. Com mais de uma década de atuação a Bravo se destaca no mercado por suas soluções estratégicas para impulsionar a expansão dos negócios.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://thesouth.com.br/.