Sua Página
31/10/2023 às 10h25min - Atualizada em 31/10/2023 às 10h25min

São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul registram aumento de casos de Covid-19 na população adulta

Aumento de casos em Minas Gerais e Mato Grosso do Sul é observado em idosos. Já no Distrito Federal, Goiás e Rio de Janeiro há sinais de estabilização após alertas anteriores de crescimento

Brasil 61
Foto: Myke Sena/MS

São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul são os estados que tiveram aumento de casos de Covid-19 na população adulta, com um crescimento mais lento nos estados do Sul. Já em Minas Gerais e Mato Grosso do Sul, esse aumento foi observado em idosos. O Distrito Federal, Goiás e Rio de Janeiro mostram sinais de estabilização após alertas anteriores de crescimento. Os dados são do Boletim InfoGripe da Fiocruz, referente à Semana Epidemiológica de 15 a 21 de outubro.

Marcelo Gomes, pesquisador e coordenador do InfoGripe, observa que São Paulo e o Rio Grande do Sul vêm apresentando um crescimento contínuo nos casos de Covid-19, mesmo sendo mais lento do que em momentos anteriores da pandemia, esse aumento persiste

“A gente felizmente ainda não chegou em valores próximos sequer ao pico do primeiro semestre deste ano nesses estados, mas está mantendo o ritmo constante de crescimento, semana após semana”, avalia. 

De acordo com a Fiocruz, em nível nacional os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) estão estáveis entre crianças e adolescentes, porém há um aumento gradual entre adultos acima de 65 anos, refletindo o crescimento de casos de Covid-19 desde setembro, principalmente no Sudeste, Sul e Centro-Oeste. 

Segundo o boletim, nas últimas 4 semanas, dos casos positivos para vírus respiratórios, 58,4% foram para Covid-19;8,3% para Vírus Sincicial Respiratório (VSR); 1,7% para influenza A e 0,4% para influenza B. Quanto às mortes, 81,4% foram devido ao Covid-19; 1,1% para influenza A; e 0,5% para VSR, com nenhum registro para influenza B.

Vacinação

Até o momento, foram aplicadas no Brasil 518.226.634 doses da vacina monovalente e 30.016.287 da bivalente contra Covid-19. De acordo com o Painel Coronavírus do Ministério da Saúde, até o dia 27 de outubro o país registrou 37.905.713 casos de infecção pelo vírus e confirmou 706.531 mortes. 

O estado que mais apresentou casos da doença foi São Paulo, com cerca de 6.702.782 infectados e 181.504 mortes. O estado também foi o que mais teve doses das vacinas monovalente e bivalente aplicadas — com 132.468.820 e 8.902.663 respectivamente. 

Lohan Fidelis, de 26 anos, designer e morador de Nova Odessa - SP,,conta que tomou 4 doses das vacinas contra Covid-19, e acredita que as vacinas de modo geral trazem maior imunidade contra certos tipos de doença.

“Nós conseguimos ficar mais precavidos de qualquer tipo de doença que seja muito invasiva ao nosso sistema imunológico”, avalia.

De acordo com o InfoGripe, os casos notificados de SRAG mostram um crescimento na tendência de longo prazo e estabilidade no curto prazo. No ano epidemiológico de 2023, foram reportados 157.526 casos de SRAG, com 39,1% confirmados para algum vírus respiratório. 

Fonte: Brasil 61


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://thesouth.com.br/.