Sua Página
29/11/2023 às 22h57min - Atualizada em 29/11/2023 às 22h57min

Danfoss integra First Movers Coalition e se compromete a impulsionar o desenvolvimento global de alumínio sustentável

Felipe Rariz - Press à Porter
Danfoss integra First Movers Coalition e se compromete a impulsionar o desenvolvimento global de alumínio sustentável Danfoss
 
  • A Danfoss compromete-se a garantir que pelo menos 10% (por volume) de todo o alumínio primário produzido anualmente será de baixo carbono até 2030.
  • A coalizão é conduzida pelo Fórum Econômico Mundial e pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos (EUA), e tem 82 membros, todos eles players globais em seus mercados.
  • A indústria de alumínio gera mais de 1,1 bilhão de toneladas de emissões de CO2e (dióxido de carbono equivalente) anualmente – aproximadamente 2% das emissões globais.[i]

O Fórum Econômico Mundial anunciou que a Danfoss passa a integrar a First Movers Coalition (FMC), coalizão global que objetiva descarbonizar indústrias que têm dificuldade de se adaptar. A Danfoss une-se ao setor de alumínio da FMC, e compromete-se a garantir que pelo menos 10% (por volume) de todo o alumínio primário produzido pela empresa anualmente  será de baixo carbono até 2030, e que pelo menos 50% de todo o alumínio usado anualmente será composto de alumínio secundário até 2030.

Como membro da FMC, a Danfoss passa a integrar um grupo de players da indústria que aproveita o poder de compra para criar um mercado de alumínio de baixo carbono, enviando um forte sinal de demanda de mercado para as tecnologias emergentes, essenciais para a transição net-zero (zero emissões líquidas de carbono). Este compromisso dos membros centra-se na criação de uma cadeia de valor sustentável para o alumínio e no alcance de 50% de redução nas emissões de CO2 da produção de alumínio primário até 2050.  A Danfoss já entrou em negociações e iniciou acordos contratuais com fornecedores envolvendo alumínio de baixo carbono.

Jürgen Fischer, Presidente da Danfoss Climate Solutions, diz: “Nossos clientes estão cada vez mais demandando produtos com menor pegada de carbono – e eles estão certos. Ao nos unirmos à First Movers Coalition estamos respondendo a essa demanda, promovendo o desenvolvimento crítico da produção de alumínio de baixo carbono, e, portanto, acelerando sua entrada no mercado. Ser parte da coalizão também se alinha com o nosso compromisso como um líder da transição verde, de obter neutralidade de carbono em todas as operações globais da Danfoss até 2030 e reduzir as emissões da nossa cadeia de valor em 15% até 2030.”

Rob van Riet, Presidente Interino da First Movers Coalition, disse: “É com muita satisfação que damos as boas-vindas à Danfoss na First Movers Coalition, e estamos ansiosos por ampliar o mercado de alumínio de baixo carbono globalmente. Nosso foco comum será criar soluções para descarbonizar o alumínio e acelerar seu uso em organizações comprometidas, como a Danfoss, para levar estas soluções à escala comercial.”

Conduzida pelo Fórum Econômico Mundial e pelo Governo dos Estados Unidos, a FMC tem como alvo setores que têm dificuldade de se adaptar, entre eles alumínio, aviação, produtos químicos, concreto, navegação, aço, e transportes rodoviários, responsáveis por 30% das emissões globais.  Para estes setores se descarbonizarem na velocidade necessária para manter o planeta no caminho do 1,5 grau,  vão precisar de tecnologias de baixo carbono que ainda não estão competitivas em relação às atuais soluções intensivas em carbono.

Empresas que são membros da FMC comprometem-se a comprar uma porcentagem de soluções de quase zero carbono ou zero carbono de fornecedores, o que pode chegar a um custo premium. Se uma massa crítica de empresas globais comprometer  uma certa porcentagem de suas compras futuras com tecnologias limpas nesta década, isso vai criar um ponto de inflexão do mercado que vai, por sua vez, acelerar sua disponibilidade e impulsionar, no longo prazo, a transformação net-zero em todas as cadeias de valor industriais. A  FMC conta atualmente com 82 membros, todos eles players globais em seus mercados.

A indústria de alumínio gera aproximadamente 2% das emissões globais, mas tem também o maior potencial de se tornar negativo em carbono até 2050. A mudança para eletricidade de baixo carbono é o passo mais importante da indústria para entregar um setor compatível com os alvos de zero emissões líquidas de carbono.[ii]

A Danfoss comprometeu-se a alcançar neutralidade de carbono em suas operações globais (Escopos 1 e 2) até 2030 – em suporte à pretensão de limitar o aquecimento global a 1,5°C, o que foi validado pela iniciativa Science Based Targets (SBTi), e inclui redução de 15% nas emissões da cadeia de valor (Escopo 3) até 2030. Além disso, a Danfoss tem uma meta específica de alcançar 25% de redução nas emissões de seus fornecedores até 2030, em relação à base de 2019. Este compromisso está incluído nas metas da Danfoss relativas a iniciativas de mudança em três etapas envolvendo Descarbonização, Circularidade, e Diversidade, Equidade, e Inclusão.

A Danfoss já avançou na dissociação de impacto ambiental e crescimento econômico, tendo entregado diminuição de 7% nas emissões de Escopos 1 e 2, ao mesmo tempo em que cresceu organicamente 15% em 2022.

Saiba mais sobre a pretensão ESG da Danfoss aqui: Ambiental, social, e governança (ESG) | Danfoss

Mais Informações sobre a First Movers Coalition podem ser encontradas aqui: First Movers Coalition

 

 

Sobre a Danfoss

A Danfoss desenvolve tecnologias avançadas que nos permitem construir um amanhã melhor, mais inteligente e mais eficiente. Nas cidades em crescimento, asseguramos o fornecimento de alimentos frescos e o melhor conforto em nossas casas e escritórios, atendendo à necessidade de infraestrutura eficiente em energia, sistemas conectados e energia renovável integrada. Nossas soluções são usadas em áreas como refrigeração, ar condicionado, aquecimento, controle de motores e máquinas móbil. Nossa engenharia inovadora remonta a 1933 e hoje a Danfoss ocupa posições líderes no mercado, empregando mais de 28 mil e atendendo clientes em mais de 100 países. Somos uma empresa privada controlada pela família fundadora. Leia mais sobre nós em www.danfoss.com.br.

A Danfoss compromete-se a garantir que pelo menos 10% (por volume) de todo o alumínio primário produzido anualmente será de baixo carbono até 2030.
  • A coalizão é conduzida pelo Fórum Econômico Mundial e pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos (EUA), e tem 82 membros, todos eles players globais em seus mercados.
  • A indústria de alumínio gera mais de 1,1 bilhão de toneladas de emissões de CO2e (dióxido de carbono equivalente) anualmente – aproximadamente 2% das emissões globais.[i]
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://thesouth.com.br/.